Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Manga Lima

Manga Lima

01
Mai19

Quando os descrentes no amor encontram.. O amor

Manga Meia-Loira

Nestes últimos dias fiquei a saber que duas pessoas que eu conheço, que eram só as alminhas mais descrentes no amor que se possa imaginar, encontraram.. O amor. E não só encontraram o amor como estão ambas numa relação feliz. Uma delas foi minha amiga na universidade. Era de longe, veio estudar para cá, trabalhou comigo na Associação de Estudantes, era das mentes mais geniais e brilhantes que já conheci e era... a pessoa mais desligadinha e descrente no amor que se possa imaginar. Chegamos a ter uma conversa de horas sobre (des)amor à porta de casa dela e ela, apesar de ter tido uma paixão ou outra, era mesmo muito desligada do amor. Talvez mais desligada do que descrente. E depois acabamos o curso e ela foi para outra cidade estagiar e fazer mestrado e eu fui deixando de ter contacto frequente com ela. Até que soube, sábado, que ela está a namorar.... com um colega de curso nosso. Foi das cenas mais hilariantes de sempre saber daquilo. Ainda mais porque ele era tão desligadinho do amor e de relações, talvez ainda mais do que ela, e porque eles nem sequer eram próximos enquanto estudamos. Foi um "quase-choque" mas dos bons. E eu não podia estar mais feliz por ela. E depois fiquei a saber de outro caso. Uma miúda que eu conheço, ainda mais descrente no amor que a outra minha amiga, daquelas pessoas que jura a pés juntos que não se quer apaixonar e que se recusa terminantemente a ter uma relação, daquelas que é convictamente solteira e solitária, e que o é de forma genuína e não porque sim ou porque acha que fica bem ter essa imagem. Uma pessoa daquelas que jura a pés juntos que não quer casar nem ter filhos, do género "mas é que nunca na vida", daquelas que até já se apaixonou mas nunca demonstrou nada nem quis dar um passo.... e pumbas, encontrou o amor. Assim, do nada. Falou com o moço, deu-lhe ordem para seguir com a vidinha dele, falou-lhe dos defeitos dela, falou-lhe de como não queria uma relação, falou-lhe de tudo isso... e o rapaz fez tábua rasa de tudo isso, manteve-se firme e profundamente convicto de que ia ficar, e não arredou pé nem por nada. Resultado disso, são namorados. Não sei se fiquei mais espantada com a primeira ou com a segunda história, mas elas vieram-me assim parar as duas de seguida às mãos e houve algo dentro de mim que sorriu muito por elas. Quando alguém que não acredita no amor, e está convencido que vai atravessar a vida sozinho, encontra um amor bonito e feliz, feito de colo e de doçura, há algo de muito especial que floresce em nós e no mundo à volta e nos lembra qual o sentido da vida. Algo de muito especial que nos lembra que, afinal e a final, o amor é sempre o que nos salvará. E eu, que não sei sequer se sou descrente, se sou só medricas, se sou só mesmo muito medricas ou se estou só magoada com o (des)amor que a vida me tem feito atravessar nestes últimos tempos... só posso ficar profundamente feliz por elas. Porque a vida é, muitas vezes, uma enorme surpresa.. surpresa essa que até pode ser extraordinariamente feliz e bonita. 

Pág. 2/2

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D