Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Manga Lima

Manga Lima

18
Jun18

Do coração

Ju

A vida às vezes (muitas!) gosta de brincar com o nosso coração.

E eu tento contrariar como posso e até onde consigo, mas depois sento-me na mesa e ele faz questão de me lembrar da cumplicidade que temos, de ir buscar assuntos que sabe que eu gosto, de me fazer falar e brincar, de me fazer rir perdidamente, e eu volto a ter um novelo de sentimentos que não se desenlaça nunca. E eu, assertiva, inteligente, racional, fria e desligada que sou, viro uma fraca, uma menina que se deixa levar e não se consegue impôr. E eu, fraca que sou, não consigo conversar sobre isto nem mostrar-lhe que não é assim que funciona. E eu, fraca que sou, não lhe consigo bater o pé e dizer que ou quer e conversamos sobre isso, ou não quer e deixa-se destas brincadeiras. 

A sério, eu ainda não acredito como é que é possível eu ser tão racional, prática e pragmática em tudo e tão poética e sentimental nisto dos amores. Não sei. E sei ainda menos como é que ele me consegue tocar assim o coração por inteiro, sem pedir licença e sem que eu possa fazer nada. 

Há-de passar. Haja o que houver, seja de que forma for. 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D