Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Manga Lima

Manga Lima

26
Fev19

O Bradley, a Lady Gaga e a Irina

Manga Meia-Loira

Não vi os Óscares. Fui-me cansando até, fruto da insistência das rádios mais ouvidas deste país, de ouvir a "Shallow". Não tenho especial carinho pelo Bradley nem pela Lady Gaga nem pela Irina. Mas o ruído à volta da atuação do Bradley e da Lady nos Óscares foi tanto, as vozes que se ergueram a jurar que houve faíscas e química e física entre eles foram tantas, e as imagens que correram o mundo foram tão faladas que ontem tive que ir espreitar. Já desde o filme que muitos diziam que entre os dois havia qualquer coisa além do perceptível. Ontem fui finalmente ver a atuação e tenho de concordar. A coisa começou normal, com olhares intensos (muito mais que aqueles que vejo em quase todos os casais) e com ele fixado nela e alheado do mundo. Mas depois... oh depois... quando ela se prepara para cantar e ele dá a volta ao piano e se senta ao lado dela a coisa ficou visível e clara. E então quando eles se encostam um ao outro, cara com cara, a cantar de olhos fechados... vi ali uma intensidade e um encaixe únicos e raros. Eu vi corrente, vi eletricidade, vi química, vi física, vi história, vi encaixe. Claro que eles tem a vida deles, claro que o Bradley tem a Irina, claro que a Lady tinha o seu noivo. Claro que isto nunca será nada e não existe nem irá existir nada entre os dois. Mas, e apesar de todos estes claros, o mundo parou e viu ali uma química e um encaixe que não são visíveis em muitos (ou quase todos) os casais que andam por aí. O mundo parou e viu algo tão bonito e tão único que tudo o resto se calhar é irrelevante. (Agora, e para finalizar em bom português, não me lixem que só faltou àqueles dois colar uma boca à outra e seguir por aí fora até onde lhes apetecesse. Digam o que quiserem, mas não neguem isto.)

Comentar:

Mais

Comentar via SAPO Blogs

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D