Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Manga Lima

Manga Lima

14
Abr19

Outra vez os barcos e os domingos

Manga Meia-Loira

Tenho um texto por escrever sobre o fim das minhas aulas e o quão bonitos e especiais foram estes meses naquele espaço mas ainda não o consegui fazer. A vida tem andado a testar-me e tem escolhido a dedo os domingos. E é a tese e as voltas e voltas e voltas da tese, e são os meus e as dores de cabeça deles e minhas, e é a viagem que o meu pai tem de marcar, e é o café e as milhentas dores de alma e de cabeça que ele significa.. e raios, eu fico assim https://mangalima.blogs.sapo.pt/para-onde-vao-os-barcos-que-construimos-35190....e assim https://mangalima.blogs.sapo.pt/barcos-de-domingo-38730 sem saber para onde vão os barcos que construímos quando estamos tristes, profundamente tristes, e a vida nos parece uma sucessão de obstáculos e testes e desafios e dores de alma e coração. Fico assim, sem saber para onde vão os barcos que construímos quando estamos tristes.. e continuo a ter de passar aquela porta branca e aquele portão verde... e mais de dois anos depois continuo a atravessar aquele espaço e as lágrimas continuam a dizer-me que aquele já não devia ser o meu (o nosso) lugar há muito, muito tempo. E o cansaço já é tanto, e a sensibilidade já é tanta (e se calhar as hormonas e os ciclos e esta coisa de se ser mulher também não ajuda muito) que pronto, qualquer coisinha ou às vezes até nada, é o suficiente para desabar. E pronto, e depois uma pessoa tem de se tentar salvar sem saber muito bem como.. e tem voltar a respirar e respirar fundo... e tem de conversar com calma e ver o que se pode fazer... e tem de ser racional... e tem de ter um raio de uma força maior que o mundo para levar com tudo e ainda assim ser racional e analisar as coisas e ver o que pode ser feito... Caramba, fico exausta. À falta de melhor, fui. Conduzi e conversei e falei e chorei e parei o carro no meio daquela estrada tão especial e tão mística entre as duas igrejas e acho que no fim da conversa fiquei um bocadinho melhor. E depois parei. E depois subi até à igreja e nunca o tinha feito, nunca tinha subido a pé, e lá fui respirando. Há dias assim... hoje parei o carro entre as duas igrejas e tive a conversa possível e chegamos às soluções possíveis, e nunca o tinha feito. E caramba, estava tudo tão difícil e tão doloroso... e caramba, é tanta coisa e tantos novelos e tantos fogos para apagar e tantos assuntos urgentes a resolver. Hoje subi a pé até à igreja e nunca o tinha feito. Hoje o mundo acabou e recomeçou algumas vezes e nem as minhas lágrimas eram suficientes para exprimir o cansaço, o desgaste, o desânimo, o desalento.... a vontade imensa e profunda de que tudo seja diferente. Há-de ser. Eu gosto de barcos mas, caramba!, já chega de não saber para onde vão os barcos que construímos quando estamos tristes... já chega de passar a porta branca e o portão verde... é tempo de mudar tudo. 

Comentar:

Mais

Comentar via SAPO Blogs

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D