Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Manga Lima

Manga Lima

24
Jul19

Quando o orientador nos elogia - Da saga “A meia-loira escreve a tese”

Manga Meia-Loira

É verdade que, no meio desta saga, o orientador já me deu na cabeça: sobretudo porque faço demasiadas citações, e porque essas citações são muitas vezes (ou são de forma contínua) da mesma obra. Há obras de referência que eu não consigo contornar, e por isso cito-as por todo o lado, e não consigo também misturar autores (falo sempre do que cada um diz separadamente), o que é uma insistência dele, e também insisti (na minha santa inocência de quem faz uma tese pela primeira - e talvez última - vez) em fazer citações por dá cá aquela palha. O normal para quem nunca fez e uma tese e para quem quer muito que o seu trabalho esteja cientificamente suportado em fontes fidedignas. Sou uma picuinhas e, por isso, levo e vou levar com um “Ah, porque assim o texto é como se deixasse de ser seu”.

 

Ultrapassando isto, sucede que o orientador, no meio de um e-mail com correções, diz o seguinte “Uma última nota para lhe dar conta da boa qualidade da redação da sua tese, o que é muito importante num trabalho académico desta natureza e já vem sendo algo raro”. E pronto, caiu-me tudo! Eu sei que escrevo bem (sim, eu sei que sim), mas nem me considero assim um supra sumo. Gosto de escrever de forma clara e correta, e faço disso um ponto de honra, sendo que sinto os erros ortográficos, sobretudo aqueles crassos, como facadas no coração ou como coisas que me dão enjoos. Sabendo que escrevo bem, confesso que um elogio destes vindo de quem é uma referência e tem um doutoramento foi uma espécie de impulso no ego. Raios, eu até poderia não valer nada... mas pelo menos escrevo bem. E isso é um dos elogios mais bonitos que me podem fazer! Eu dou mesmo muito valor a este tipo de elogios... e ele foi a pessoa com maior autoridade científica que eu tive até hoje a elogiar-me a escrita. Pronto! Já tenho o ego suficientemente lá em cima... agora é continuar a trabalhar.

Comentar:

Mais

Comentar via SAPO Blogs

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D