Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Manga Lima

Manga Lima

21
Jul19

Voltar a sítios onde já fomos (in)felizes

Manga Meia-Loira

O verão passado foi dos períodos mais díficeis da minha vida a nível emocional. Não que este esteja a ser muito feliz, ou que os anteriores o tenham sido, que não foram, mas o último verão foi doloroso. Foi mesmo daqueles períodos em que só olhamos para o céu e pedimos à vida, a Deus e a quem mais nos lembrarmos para sobreviver e respirar, por entre tudo o que nos dói. Desde que os meus foram embora para outro país que o verão deixou de ser completo ou muito feliz, mas na verdade, depois disso, tive verões dos quais guardo memórias bonitas. O último verão foi o mais díficil da minha vida: estava num tal estado emocional miserável que largava a chorar do nada constantemente, mesmo quando tive os meus aqui de férias (e mesmo com psicoterapia e mesmo com tudo o que me era possível fazer para melhorar). Entre a ausência dos meus e um desamor que tanto era amor, como já era desamor, como não era nada, como voltava a ser tudo outra vez, estava desfeita. Ainda assim, e como sempre, obriguei-me, dentro do possível, a fazer tudo normalmente. E por isso saí à noite algumas vezes para o Mira. O Mira é um bar/discoteca muito bom e eu gosto muito de lá estar porque é ao ar livre. Entre essas saídas, senti de tudo: tive noites em que entrei lá emocionalmente desfeita e saí exatamente igual, tive noites em que entrei lá a sentir-me miserável e saí feliz e a sorrir, tive momentos muito bonitos lá, como tive momentos em que não conseguia "respirar". Ontem voltei lá pela primeira vez este ano. Não sabia como ia ser: estava muito feliz por ir mas não sabia. Foi bom, foi bonito, foi leve, foi feliz... foi uma experiência feliz ter ido lá. E dei por mim a pensar, a meio da noite, em como tive momentos bons mas também momentos e noites em que me senti extremamente infeliz lá. Mas foi bom voltar. E foi ainda melhor lembrar-me de como, apesar de tudo e para lá de tudo, me sinto mais tranquila este ano. Não sei se devemos voltar aos sítios onde já fomos felizes ou onde já fomos infelizes.. mas eu voltei e fui feliz :) 

Comentar:

Mais

Comentar via SAPO Blogs

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D